Ao longo da minha jornada, me vi diante de encruzilhadas onde o destino político parecia um caminho óbvio. No entanto, ao contemplar meu propósito mais profundo, percebi que minha vocação está na construção de pontes entre as palavras e os corações, não nos corredores do poder.

“Não sou candidato!” – estas palavras não refletem uma renúncia, mas sim um compromisso renovado com minha missão como jornalista. Através dos sites Blog do Alan Ribeiro e do Portal do Alan, e nas ondas da rádio web que leva meu nome, encontrei meu púlpito para promover mudanças reais.

Cada publicação é um tijolo na edificação de cidades mais justas, de um Estado mais inclusivo e de pessoas mais conscientes. A caneta, ou neste caso, o teclado, tornou-se minha ferramenta para esculpir um futuro onde a informação é a força motriz da transformação.

Ao lado do Jornal Gazeta do Estado, estabelecemos uma parceria que transcende as páginas impressas, alcançando os corações e mentes daqueles que buscam uma voz autêntica e comprometida com o bem comum.

Minha escolha não é uma fuga da responsabilidade, mas sim um mergulho ainda mais profundo na batalha pela verdade, pela transparência e pelo respeito. Cada palavra que escrevo é um voto de confiança na capacidade das pessoas de fazerem escolhas informadas e conscientes.

Portanto, enquanto outros escolhem o palanque, eu escolho a redação. Enquanto outros buscam o poder, eu busco a verdade. E é nessa busca incessante que encontro minha verdadeira vocação, minha verdadeira missão: ser um jornalista comprometido com a construção de um mundo melhor.

Alan Ribeiro
(A verdade de verdade)

About Author