Ato simbólico, que agora é lei, ocorreu durante Romaria dos Carros de Boi, Cavaleiros e Muladeiros, um dos pontos altos da Festa em Louvor ao Divino Pai Eterno

Pela primeira vez na história, Trindade é a capital simbólica do estado de Goiás. O ato de transferência foi assinado nesta quinta-feira (04/07), pelo governador Ronaldo Caiado, durante a Romaria dos Carros de Boi, Cavaleiros e Muladeiros. Considerado um dos pontos altos da Festa em Louvor ao Divino Pai Eterno, o evento reuniu cerca de 500 carros de boi. “Uma homenagem à mais bonita e segura das romarias”, disse Caiado sobre o ato solene.

O governador afirmou ainda que a transferência simbólica da capital é um reconhecimento à festa que, neste ano, deve atrair mais de 3 milhões de pessoas em 10 dias. “Goiás pulsa história e respeita a fé”, pontuou, ao lado da coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado. A mudança da capital para Trindade agora é lei, e será realizada toda quinta-feira que antecede o encerramento da Romaria. A instalação dos poderes também contou com representantes do Legislativo e do Judiciário.

O prefeito Marden Júnior ressaltou a relevância dos festejos que o município realiza. São 35 anos de desfiles de carros de boi e 184 anos de romaria, feitos que atraem goianos, brasileiros e até estrangeiros. “Trindade se torna, hoje, a capital do estado. É a capital da fé, e agora de Goiás. Nossa gratidão a cada carreiro e a cada visitante que passa pela nossa terra”, disse.

Autor da proposta que transfere a capital para Trindade, o deputado Cristiano Galindo destacou o trabalho do governo estadual em prol dos fiéis, com o Centro de Apoio ao Romeiro (CAR), e também dos trindadenses. “Tenho certeza que os romeiros estão se sentindo em casa, porque foi tudo feito com muito carinho”, comentou. “Trindade passou a ter uma romaria completamente diferente porque o senhor tem um carinho [por essa festa]”, declarou o parlamentar.

O arcebispo de Goiânia, Dom João Justino, abençoou o ato de transferência. Durante a oração, classificou a assinatura como um momento “solene e importante, que mostra a força histórica, religiosa e cultural da festa”. “Peçamos a bênção para o nosso estado. Que o Divino Pai Eterno derrame sobre nós e sobre a capital, hoje aqui, Trindade, muitas bênçãos”, pediu.

Fotos: Rômulo Carvalho e André Saddi

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

About Author