As atividades são coordenadas em parceria com todas as pastas e entidades do município

Dia 18 de maio, celebra-se o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Em Ipameri, todo o mês de maio é dedicado à conscientização sobre esse tema. A Prefeitura de Ipameri adere à campanha ‘Faça Bonito’, promovendo mobilização em todo o município. As atividades são coordenadas em parceria com todas as pastas e entidades que integram a administração.

Realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), o projeto consiste em ações de conscientização, como palestras, passeatas e outras atividades que estimulam a participação das crianças e adolescentes em contato direto com a comunidade escolar e a sociedade como um todo, com o objetivo de prevenir e combater esse tipo de violência.

Em Ipameri, na terça-feira (14), foi promovida uma importante palestra sobre o tema, ministrada por profissionais do CAPS, abordando o assunto de forma eficaz com alunos de 09 a 12 anos da rede municipal. Em seguida, também aconteceu uma apresentação com alunos do CICADD.

A ação foi encerrada com uma caminhada até o Lago Municipal, onde durante o percurso foram repassadas informações sobre a campanha e músicas alusivas ao tema. Os alunos levaram balões laranja, cartazes e faixas para informar e alertar a população sobre esse crime.

Maio Laranja é uma campanha nacional de conscientização, prevenção e combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes no Brasil. É essencial combater o silêncio e o preconceito, promovendo a educação, a prevenção e a denúncia como ferramentas para proteger nossas crianças. Durante todo o mês de maio, estarão sendo realizadas ações de conscientização e informação, tanto no município sede quanto no Distrito de Domiciano Ribeiro.

Canais de denúncia: Quem tem conhecimento de situação de abuso ou exploração sexual de crianças e adolescentes precisa denunciar, para proteger as vítimas. As denúncias podem ser anônimas. São vários os canais de denúncia à disposição da população:

  • Disque 100: é o número de telefone do Governo Federal para defesa dos direitos humanos;
  • Conselho Tutelar de Ipameri: protege os direitos de crianças e adolescentes (3491-6025), (64-984027682);
  • CREAS Ipameri: presta acolhimento socioassistencial às crianças e adolescentes que tiveram seus direitos violados (3491-1723);
  • Polícia Militar (190) e Polícia Civil (191).

About Author